10 de julho

Querido diário,

Chuva.

Saí pra almoçar cedo, no bairro, pedalei tranquilamente, e de noite fui jogar bola. Legal. mas entre o almoço e a saída para o Av. ACM, choveu um pouco. Na ida para o baba chuviscou um pouco. Já foi suficiente pra chegar com vários pontos de lama. Menos mal pra quem vai jogar bola num campo sintético, correr, suar, cair na areia.

Choveu durante o baba.

Voltei mais molhado e sujo. Um carro acelerou na poça e me encharcou. Não me pareceu que tenha sido uma filhadaputice ativa: “vou molhar o bróder”, mas ainda assim, uma escrotagem passiva: “olha lá o bróder, xiii… molhei”. Nunca saberei. Você que fez o retorno na Lucaia, num carro vermelho ‘com bundinha’ nesta terça à noite… Eu sei que você me viu. Você me viu. Você me molhou por opção ou por acidente?

Nunca saberei.

Chegando em casa, uma moto cortou para a direita na Oswaldo Cruz num desleixo monumental. Basicamente se meteu na frente de um ônibus que acelerava. O motorista efetuou um freio de arrumação para não atropelar a moto que deve ter causado uns 20 hematomas entre os passageiros. O bróder da moto nem se abalou. Eu realmente achei que   presenciaria uma morte violenta. Muita perícia do senhor motorista. Bons reflexos.

10 de julho: 9,3 Km Total: 757,2 Km

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s