19 e 20 de Junho

Querido diário,

Dia de futebol é dia feliz. Levei a bicicleta velha e cinza para desmontar e aproveitar as peças que ainda prestam. Foi engraçado que a nota de serviço ficou assim: “desmontar e guardar o que ainda presta”. Quinfeira pego os retalhos.

Lá vai eu de capacete e luzes piscando pra um trânsito monstro na Juracy Magalhães. Ultrapassei mil carros. Sabe quantos? Mil carros. Foi massa. Não sei o que estava acontecendo ali a caminho do Iguatemi, mas tava devagar demais. Fiz aquilo que tinha pensado em fazer: esperei um bocadinho na conversa pra depois sair com a avenida mais tranquila. Deu certo. Fora as motos. Muitas motos.

Quem me dá medo em trânsito, de fato, é moto. Aconteceu, de leve, pela primeira vez, o que eu mais tenho medo que aconteça. Uma moto decidiu que ia ultrapassar pela direita, e que ia passar pelo espaço que eu estava. Me viu, diminuiu perto de mim, e ultrapassou o carro pela esquerda. O motoqueiro que está na agonia para ultrapassar e sair correndo, não vai calcular a bicicleta, não vai calcular o meu espaço. É deles que eu tenho medo.

Claro, não teve nada. Mas é o que me dá medo.

Quarta não teve bicicleta.

Esses dois dias: 7,8 Km. Total: 645,8 Km.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s